prefeitur
bamyam

Ex-educadora de creche é condenada a mais de 14 anos de detenção por maus-tratos

279

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A Justiça de Ilha Solteira (SP) condenou a ex-educadora da creche ‘Sorriso de Criança’, Cláudia Cristina Ramos, a 14 anos, 9 meses e 10 dias de detenção, em regime inicial semiaberto, pelo crime de maus-tratos. Ela irá recorrer em liberdade, pois assim permaneceu durante o todo o processo. Para o juiz, não houve nenhum fato novo que justificasse a decretação de sua prisão preventiva ou de outra medida cautelar pessoal.

A ex-educadora também foi condenada ao pagamento de R$ 2.570,00 (100 Ufesps) de taxa judiciária, que deve ser recolhida no prazo de dez dias após a intimação, sob pena de inscrição na dívida ativa.

O Ministério Público havia denunciado a ex-servidora municipal por tortura. Segundo a promotoria, Cláudia teria cometido várias agressões contra crianças que ficavam na creche. A Prefeitura de Ilha Solteira abriu sindicância e, após a conclusão, demitiu a educadora de creche.

As agressões foram registradas por duas funcionárias da creche e entregues à polícia, mas as imagens não foram liberadas. Pais dos alunos tiveram acesso aos vídeos e reconheceram os filhos. De acordo com o MP, as agressões aconteceram entre 2014 e 2016 e foram praticadas por motivo fútil.

.ilhasolteira.news

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

você pode gostar também
Comentários
carregando...
WhatsApp Logo Fale conosco via WhatsApp
ga('require', 'GTM-5C3R9D4');