cowboy

Menino de 5 anos manda bilhete em nome da professora para não ir à escola: ‘Pode ser feriado’

1.286

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A criatividade de um menino de Bocaina (SP) viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (22). A mãe de Gabriel Lucca, de 5 anos, recebeu um bilhete inusitado dizendo que não haveria aula na escola no dia seguinte, pois “poderia ser feriado”.

O bilhete, assinado em nome de “Tia Paulinha”, professora do garoto, havia sido escrito pelo próprio Gabriel. O bilhete ainda trazia no final o recado: “É verdade esse bilete” (sic). A mãe, Geovana Santos, entrou em contato com a professora para rir da situação e confirmar a “veracidade” do recado.

Paula Renata Robardelli, a Tia Paulinha, perguntou se podia postar a imagem nas redes sociais e milhares de pessoas começaram a compartilhar e comentar.

“A Geovana me mandou mensagem e eu só conseguia rir. O Gabriel é um figura! Resolvi postar no Facebook e, em apenas um dia, já tinha muitos comentários e publicações”, conta a professora.

Mãe desconfiou da "procedência' do bilhete e mandou mensagem para a professora Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)

Mãe desconfiou da “procedência’ do bilhete e mandou mensagem para a professora Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)

De acordo com Tia Paulinha, o garoto tem o costume de mandar bilhetes para os amigos e para a família.

“Quase todo dia ele me manda um bilhetinho, é uma graça”, diz.

Ela conta que o menino é um exemplo em sala de aula também e acredita que o bilhete para “fugir” da aula foi só uma brincadeira com a mãe. “Ele lê para os amigos durante as atividades e participa das aulas”, conta.

Menino tem o costume de enviar cartas para os amigos e para a família Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)

Menino tem o costume de enviar cartas para os amigos e para a família Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)

O menino até chamou a atenção em uma aula de matemática, quando Paula perguntou se algum dos alunos sabia o que era bruschetta. Gabriel então respondeu que “não sabia o que era, mas que tinha pesquisado na interner sobre ‘receitas com tomate’ e apareceu algo parecido”.

“Ele solta várias ‘pérolas’, é demais. É uma criança extremamente inteligente e a criatividade dele ao escrever o bilhete e ainda colocar ‘é verdade’ no final… Foi engraçado demais!”, diz a professora.

Menino escreveu bilhete em nome da professora para faltar à escola em Bocaina (SP) (Foto: Arquivo pessoal)

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

você pode gostar também
Comentários
carregando...
WhatsApp Logo Fale conosco via WhatsApp
ga('require', 'GTM-5C3R9D4');