Aglomeração em porta de supermercado deixa dúvida sobre epidemia

1.291
plis

Realmente estamos vivendo uma época de uma guerra biológica. Para um supermercado dentro do Shopping Fernandópolis a situação parece que está normal. Até agora só identificaram os carrinhos de comprar com uma numeração pendurada e colocaram uma placa transparente entre o caixa e o cliente, mas na porta nenhum funcionário faz a organização das pessoas que estão se aglomerando na fila.

Os riscos de contaminação em massa senguem normalmente, se obedecer à distância mínima de um metro entre cada pessoa. Os carinhos abandonados no estacionamento não são todos higienizados, o que pode ocorrer transmissão pelo coronavírus pelas mãos.

Ainda continua aglomeração de pessoas para os caixas rápidos e nos corredores, os clientes senguem nas compras como se nada estivesse acontecendo.

No início da epidemia, uma funcionária chegou a borrifar álcool em gel nas mãos de todos os clientes, mas essa prática deixou se ser realizada nos últimos dias.

A imagem foi enviada por uma cliente que ficou indignada com a situação na porta do Supermercado Amigão.

Rn

você pode gostar também
Comentários
Loading...
Envie sua Pauta ou sugestão