Banner fixo Prefeitura

ATAQUE DE FÚRIA: MULHER DESTRÓI CARRO E AGRIDE MARIDO APÓS SER “DISPENSADA” 

1.576
Decar

MULHER AGREDIU RAPAZ COM ENXADA E TENTOU FURÁ-LO COM FLECHAS EM BERTIOGA/SP. CARRO DA VÍTIMA FOI COMPLETAMENTE DESTRUÍDO PELA SUSPEITA.

Um encarregado, de 35 anos, teve seu veículo destruído e foi agredido com golpes de enxada pela companheira, de 39, em Bertioga/SP, após ela não aceitar o fim do relacionamento entre eles. As informações foram divulgadas pela polícia na manhã desta sexta-feira (2).

Segundo informações da polícia, as agressões ocorreram na casa em que moram, localizada na Chácara Vista Linda, área rural da cidade. Edmar Medina Delmondes conta que também foi ameaçado pela mulher. “Ligou para minha mãe e mandou ela encomendar o caixão, porque ela iria me matar”, diz.

De acordo com Edmar, ele conheceu a companheira há três anos. Mas, recentemente, resolveu a “dispensar” e pediu que ela saísse de casa porque não queria seguir com o relacionamento. “A casa é da firma que eu trabalho, mas ela ficou com raiva que eu falei que não queria mais ela lá e agiu com violência”, diz ele.

“Ela tentou me furar com umas flechas que tenho em casa. Me deu tapas na cara e desceu a escada atrás de mim. Ela também quebrou os vidros do meu carro com um pedaço de madeira e arremessando telhas”, conta Edmar Medina Delmondes.

No momento em que o encarregado tentou contê-la, a mulher o agrediu deferindo golpes de enxada, ferindo sua mão e pulso, e, em seguida, ameaçou jogar água fervente enquanto ele estivesse dormindo.

De acordo com Edmar, a mulher já tinha sido agressiva outras vezes e até já havia quebrado o caminhão e a perua do estabelecimento em que ele trabalha. “Ela quebrou copos de vidro dentro de casa e jogou toda a carne no lixo. Estou dormindo na minha prima por medo. Quero que ela responda criminalmente pelas agressões”, afirma.

De acordo com a Polícia Civil, foram solicitados exames junto ao IC (Instituto de Criminalística) e IML (Instituto Médico Legal), e o caso foi registrado como dano, lesão corporal e ameaça na Delegacia Sede de Bertioga. A vítima foi orientada quanto ao prazo para representação criminal contra a agressora.

você pode gostar também
Comentários
Loading...
Envie sua Pauta ou sugestão
%d blogueiros gostam disto: