bannrer facmol

Como transportar seu pet com segurança em viagens

0 455
plis

Quando uma família que tem um bichinho de estimação vai viajar, surge a dúvida sobre o que fazer com o pet.

Nem todos confiam em deixar os animais nos novos pet hotéis e pedir para alguém cuidar enquanto está fora também é uma opção, mas, por que não levar os bichinhos na viagem? Assim, o pet não se sente sozinho.

Porém, há algumas medidas de segurança que devem ser seguidas ao levar seu animalzinho no carro.

Caixa de transporte

Uma das opções para transportar seu pet na viagem é a caixa de transporte. Um animal de cinco quilos pode ser arremessado com força de 50 quilos em uma colisão, então a caixa age na segurança também dos ocupantes.

A caixa deve ter aberturas e ser bem ventilada para o conforto do animal. O espaço interno não deve ser muito grande, de modo que em uma situação de acidente o pet não bata contra as paredes, e nem muito pequena, para que ele não fique apertado.

Cadeirinhas

Geralmente, as cadeirinhas são feitas de lona com outros tecidos, que trazem conforto e segurança para o animal. A maioria possui cintos internos e devem ser anexadas ao banco. As cadeirinhas são recomendadas para animais de pequeno porte, que não passem dos 10 quilos.

Cintos de segurança

Os cintos são indicados para cachorros. Neste caso, o cão fica sentado como qualquer passageiro humano. O cinto é específico para cães e funciona como um peitoral prendido no mesmo lugar dos cintos de segurança comuns. É a medida de segurança mais recomendada para pets maiores. Os cintos se adaptam aos diferentes tipos de veículos e têm preços acessíveis.

Paradas e alimentação

Em trajetos longos, é importante realizar paradas a cada duas ou três horas para o animal fazer suas necessidades e tomar um pouco de água, sendo importante sempre mantê-lo preso à coleira. Também não se deve alimentar o animal nas últimas três horas antes da viagem, para que ele não fique enjoado e nem provoque vômitos. Ao chegar, lembre-se que o bichinho merece uma quantidade maior de ração.

Outras espécies

No caso de outras espécies, o cuidado com a segurança também é importante. Porquinhos-da-índia, hamsters e aves devem ser transportados em suas próprias gaiolas, tendo o cuidado para que o ambiente fique ventilado e com temperatura controlada. Não se deve esquecer de deixar comida e água para eles.

Comentários
Loading...
Envie sua Pauta ou sugestão
%d blogueiros gostam disto: