bannrer facmol

Família de menino que teve braço decepado ao pegar carona em trem ganha almoço beneficente

819
plis

Após ter um braço decepado ao tentar pegar uma carona em um trem em São José do Rio Preto (SP), o jovem Isac Teodoro de Freitas, de 14 anos, se recupera do susto para seguir a nova vida. O acidente completa um mês dia 15 de fevereiro.

Vendo todo sofrimento da mãe, um empresário de Rio Preto organizou um almoço beneficente, em que toda renda arrecadada será doada para a família de Isaac. O almoço acontecerá neste domingo (10) e o convite custa R$ 25.

A mãe do menino, Regina Teodoro Bordin, de 55 anos, contou em entrevista ao G1 que teve que parar de trabalhar para cuidar do filho e está morando de favor na casa da mãe.

Regina não esperava a boa ação do empresário e garante que parte do dinheiro arrecadado vai pagar o aluguel de uma casa”.

“Não esperava, porque ninguém nunca me ajudou, eu faço tudo sozinha. Eu fiquei muito contente. Parte do dinheiro eu vou adiantar dois alugueis assim que eu sair da casa da minha mãe, o resto vai ser para o futuro do Isaac”, diz.

A mãe contou que fez de tudo para alertar o filho para não sair de casa no dia do acidente, mas ele a desobedeceu. Até hoje ela não consegue aceitar o acidente.

“Tem dias que eu fico com raiva, porque eu avisei, mas ele não me escutou e aconteceu isso. Eu olho para ele e ainda vejo o braço lá, não consigo aceitar”, diz mãe.

Regina diz que era manicure em um salão e preferiu se afastar do trabalho para cuidar do filho e prevenir que outro acidente aconteça.

“Eu trabalhava o dia todo e preferi parar para cuidar melhor do Isaac. Ele já tem 14 anos, não tem como tomar conta o tempo inteiro, então prefiro ficar perto para evitar que outra coisa aconteça”, diz.

A manicure não pretende ficar parada, quando o filho melhorar e voltar para escola, ela tem planos de trabalhar em casa.

“Eu não quero parar de trabalhar. Vou fazer unha em casa, vender rosquinhas doce, vou me virar, porque não tem ninguém pra me ajudar, sou sozinha”.

Local onde o acidente aconteceu e o menino teve o braço decepado — Foto: Reprodução/TV TEM

Local onde o acidente aconteceu e o menino teve o braço decepado — Foto: Reprodução/TV TEM

No dia do acidente, 15 de janeiro, Regina disse que estava sentido alguma coisa ruim e voltou para casa na hora do almoço para impedir o filho de sair de casa.

“Eu saí do salão por que estava com o coração apertado e fui até em casa para pedir pra que ele não saísse, mas quando eu cheguei lá, ele já estava todo arrumado, mesmo assim, me disse que não ia sair. Ele me desobedeceu”, diz.

Empresário organiza almoço beneficente para Isaac e mãe — Foto: Arquivo Pessoal
você pode gostar também
Comentários
Loading...
Envie sua Pauta ou sugestão
%d blogueiros gostam disto: