Idoso acusado de acorrentar e matar a marretadas missionária que o ensinava a ler vai a júri popular

991
FERMED PLUS

O idoso Francisco Lopes Ferreira de 65 anos, que foi preso acusado de acorrentar na cama e matar a marretadas a missionária Simone Facini Lopes de 31 anos vai a júri popular, nesta terça-feira (11), no Fórum de São José do Rio Preto (SP). O julgamento está marcado para começar às 13h30 e deve durar pelo menos oito horas.

O corpo da vítima foi encontrado seminu no dia 12 de março de 2017em uma chácara do município.

Francisco Lopes Ferreira foi preso oito dias depois escondido em uma mata, atrás de uma empresa no bairro Gonzaga de Campos. Ele permanece cumprindo pena desde a época do homicídio.

Suspeito de matar Simone é colocado em maca em Rio Preto  — Foto: Arquivo Pessoal

Suspeito de matar Simone é colocado em maca em Rio Preto — Foto: Arquivo Pessoal

De acordo com a Polícia Civil, após cumprir pena por crimes sexuais cometidos em outras cidades, Francisco se mudou para Rio Preto e passou a frequentar a igreja evangélica da vítima.

Por missão religiosa, Simone começou a visitar o acusado para alfabetizá-lo por meio da bíblia, mas Francisco acabou se apaixonando por ela. A polícia encontrou uma foto da vítima em que o acusado escreveu que a amava.

você pode gostar também
Comentários
Loading...
Envie sua Pauta ou sugestão
var bs_pagination_loc = {"loading":"
<\/div>
<\/div>
<\/div>
<\/div>
<\/div>
<\/div>
<\/div>
<\/div>
<\/div><\/div>"};