Banner fixo Prefeitura

Sobrecarga elétrica pode ter causado incêndio no Calçadão

326
Decar

Laudo da Polícia Civil apontou uma sobrecarga na rede elétrica como a provável causa do incêndio que atingiu a loja Cris Park Moda e Presentes no Calçadão de Araçatuba, no último mês de abril. O bombeiro Júlio Cesar Delfino morreu durante o combate ao fogo e o bombeiro Alex Silva de Abreu ficou gravemente ferido.

Segundo o delegado do 2º DP de Araçatuba, Marcos Roberto Alves da Costa, que é responsável pelas investigações, o laudo não indicou que o incêndio teve origem em um aparelho de ar-condicionado, como se cogitou a princípio. Ele informou à reportagem que o laudo trouxe outras informações relacionadas à intensidade das chamas, aos bombeiros Delfino e Abreu e aos estragos causados.

A Polícia Civil já ouviu vizinhos que testemunharam o incêndio e que também foram vítimas do fogo. Costa disse que os próximos a serem ouvidos serão o Corpo de Bombeiros, para saber das condições de segurança do local, e os funcionários da loja Cris Park Moda e Presentes.

TRAGÉDIA

O incêndio ocorrido no Calçadão da Marechal começou por volta das 14h do dia 12 de abril deste ano – uma sexta-feira. Foram utilizadas na ocorrência 17 viaturas. Na ocasião, funcionários do estabelecimento afirmaram quem o fogo tinha começado no ar-condicionado, que já havia passado por manutenções por conta de problemas. A loja estava cheia quando o incidente começou. Antes de o incêndio ter início, uma explosão vinda do estoque foi ouvida. As chamas atingiram também o fundo de outro estabelecimento comercial.

Delfino foi encontrado no interior do imóvel depois de ser considerado desaparecido. Ele não conseguiu sair do local após o edifício entrar em colapso. Quando foi localizado, o bombeiro estava sofrendo uma parada cardiorrespiratória e, apesar das manobras de RCP e medicações para tentar salvá-lo, acabou não resistindo aos ferimentos.

Já Abreu sofreu queimaduras de 3º grau nas pernas e braços, totalizando 27% do corpo. Ele foi socorrido à Santa Casa de Araçatuba, onde ficou internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sendo transferido no dia seguinte para o Hospital Estadual de Bauru – que é especializado em queimaduras – local em que permanece internado.

você pode gostar também
Comentários
Loading...
Envie sua Pauta ou sugestão
%d blogueiros gostam disto: