prefeitur
devilson

Família pede doação de sangue para menino que está na UTI

968

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Com apenas quatro anos e diagnosticado com leucemia desde o último mês de setembro, o pequeno Heitor Stefani Sanches está há 21 dias internado na UTI do Hospital da Criança e Maternidade de Rio Preto, após contrair uma pneumonia. Ele precisa, urgentemente, de doadores de sangue O negativo e de plaquetas.

“Ele tem leucemia e está na UTI em estado grave. O tipo de sangue dele é raro ainda de se encontrar. A necessidade dele, já que a leucemia é tratada com medicamento, é receber essas doações de sangue. Minha preocupação maior é porque ele estava recebendo plaqueta de outro tipo sanguíneo”, afirmou o pai do garoto, Júlio Fernando Sanches, 35 anos, que junto com a mãe, Rosemeire Stefani Sanches, 34, acompanha a luta do filho.

Por conta da pneumonia, adquirida no hospital pela resistência baixa devido ao tratamento contra a leucemia, Heitor teve um problema no intestino e passou por cirurgia nesta sexta-feira, 7. “Os médicos descartaram obstrução e ele está com o corte na barriga tampado. Graças a Deus ele resistiu, agora é orar para ele melhorar para que saia da UTI”.

O pai pede doações. “Pedimos que as pessoas venham doar, porque mesmo que não sirva para ele, outras pessoas, inclusive crianças que a gente vê aqui todos os dias, também podem usar”, disse Júlio.

De acordo com o pai, Heitor, apesar da pouca idade, compreende o problema pelo qual está passando. “Ele é um menino que se adaptou facilmente às adversidades dele. Sabe que está doente. Quando aplicamos as injeções, que é parte do tratamento, ele mesmo escolhe o braço para tomar. É uma maturidade que impressiona. É uma coisa marcante que estamos vivendo na pele, mas cremos em Deus que ele vai sair dessa”, finalizou.

Segundo dados do Hemocentro, o sangue requisitado pelo pequeno Heitor é o que mais está em falta no estoque. Atualmente, o tipo O negativo está 54% abaixo do ideal, tendo a pior situação entre todos os oito tipos de sangue. Na soma total dos quatro tipos de sangue com RH negativo, o Hemocentro atua com apenas 63% da carga.

Para fazer a doação, os voluntários podem comparecer ao Hemocentro, na rua Jamil Ferez Kfouri, 80, no Jardim Panorama, que funciona das 7h às 13h, inclusive neste sábado, 8, feriado, e neste domingo, 9.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

você pode gostar também
Comentários
carregando...
WhatsApp Logo Fale conosco via WhatsApp
ga('require', 'GTM-5C3R9D4');