prefeitur

Justiça condena servidores da Saev por improbidade administrativa em Votuporanga

304

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A Justiça de Votuporanga (SP) determinou, na segunda-feira (6), a condenação de servidores da Superintendência de Água e Esgoto de Votuporanga (Saev) a pedido do Ministério Público por improbidade administrativa.

De acordo com a denúncia do MP, Jair Donizete Moreira Amorim, chefe de tesouraria da Saev, desviou mais de R$ 542 mil dos cofres públicos entre 1992 e 2000. Já Laerte Colato, que atuava como contador, supervisionava e era conivente com a prática. O G1 não conseguiu entrar em contato com a defesa dos acusados.

A ação também aponta a participação de Ambrósio Riva Neto, superintendente que faleceu em 2015.

Desde 2011, foi solicitado o pagamento dos valores que foram desviados pelos acusados, mas a quantia não foi paga e o valor atual é demais de R$ 2 milhões. Então, a Justiça pediu apreensão das carteiras de habilitação e passaportes dos acusados.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

você pode gostar também
Comentários
carregando...
WhatsApp Logo Fale conosco via WhatsApp
ga('require', 'GTM-5C3R9D4');