prefeitur

Pinato pede intervenção do Ministério da Saúde para avaliar casos de meningite na região

443

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O deputado federal Fausto Pinato solicitou nesta quarta-feira, 05, intervenção do Ministério da Saúde para avaliar a incidência de casos de meningite na região. Por meio do pedido feito ao ministro Gilberto Occhi, a Secretaria de Vigilância Epidemiológica do Ministério passa a realizar um monitoramento das notificações para avaliar eventual surto e combater novos casos.  O parlamentar estava acompanhado pelo prefeito de Olímpia, Fernando Augusto Cunha.

 Na última segunda-feira, 3, um garoto de 7 anos morreu com suspeita de meningite em Barretos. Miguel Henrique Costa Simões de Souza era de Olímpia e estava internado há quatro dias na Santa Casa de Barretos, mas não resistiu.

 Já um adolescente de 17 anos morreu na madrugada desta quarta-feira, 5, depois de ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis, com suspeita da mesma doença. Daniel Júnior da Silva foi internado na Santa Casa, encaminhado para a UPA da cidade, mas, devido à evolução rápida da doença, veio a óbito.

 Ao deputado Fausto Pinato, o Ministério da Saúde afirmou que os casos de meningite registrados na região até o momento não apresentam vínculo epidemiológico entre si e, portanto, não caracterizam surto da doença, mas que uma avaliação mais aprofundada na região será capaz de garantir o controle mais amplo da doença.

 Sobre a doença

 A meningite é uma doença que atinge o sistema nervoso, caracterizada por um processo inflamatório que atinge a membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal das pessoas.  Mais frequentemente é ocasionada por vírus ou bactéria. O tipo de tratamento depende do agente que causa a doença: vírus, bactéria, fungos, parasitas, outros. Nas meningites bacterianas é importante conhecer o tipo de bactéria envolvida de forma a possibilitar o tratamento correto. Para isso é necessário realizar exames para confirmar a meningite.

 Os sintomas frequentes são febre alta e persistente, dor de cabeça por vezes insuportável, dor na nuca podendo ocasionar rigidez no pescoço, vômitos, perda do apetite, sonolência, confusão mental, agitação, grande sensibilidade à luz. Pode apresentar ainda manchas no corpo, diarreia, crises convulsivas, coma. As crianças normalmente permanecem quietas, pouco ativas. No caso das meningites bacterianas a evolução é muito rápida, podendo se agravar em horas. O paciente necessita receber o antibiótico o mais rápido possível. (Com informações do Ministério da Saúde)

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

você pode gostar também
Comentários
carregando...
WhatsApp Logo Fale conosco via WhatsApp
ga('require', 'GTM-5C3R9D4');